PT

voltar atrás

19.06.2024

Morgan Quaintance na Solar em julho

Exposição
Morgan Quaintance - Efforts of Nature IV
Sequence One, 2024 © Morgan Quaintance

No âmbito da parceria com o Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, a Solar – Galeria de Arte Cinemática inaugura a 13 de julho a exposição Efforts of Nature IV do artista e escritor londrino Morgan Quaintance.

Morgan Quaintance é um artista e escritor sediado em Londres, cuja prática artística cruza o cinema experimental, o filme ensaístico, a autobiografia documental e o trabalho articulado de som. 


Quaintance trabalha imagens em movimento e sonoridades alargadas para criar uma malha de texturas justapostas, intercetantes e perspicazmente ambientadas. As suas obras são autênticos corpos de memórias, imbuídos em retratos expandidos, individuais e coletivos, que navegam experiências culturais e sociopolíticas complexas. Interessado nas matérias da condição humana, da etnografia, da contracultura, do cultic milieu, dos ambientes construídos e em histórias Afro-Caribenhas, Britânicas e da Ásia Oriental, o trabalho do artista instrumentaliza os fluxos temporais, para escavar narrativas que, sendo recuperadas do passado, se mantêm incisivas e reativas à contemporaneidade.


A sua presença no Curtas Vila do Conde já é bem (re)conhecida, tendo por três vezes integrado a Competição Experimental do Festival, vencendo-a em 2020 e 2021 com South e Surviving You, Always, respetivamente. A 32.ª edição do Curtas dedica-lhe, assim, um amplo e diverso programa centrado em torno da sua exposição original Efforts of Nature IV, que foi pensada especificamente para o espaço da Solar – Galeria de Arte Cinemática. 


Pela primeira vez em Portugal, Morgan Quaintance apresentará um corpo de obras inédito e site specific, de imagem em movimento, peças sonoras, fotografias, imagens de satélite, materiais encontrados e documentação diversa. Procurando relacionar os estados mentais individuais com as mudanças planetárias nas condições ambientais, esta exposição incita reflexões em torno da passagem do tempo, a mortalidade e a dissolução do corpo, na sua articulação conceptual com a desintegração das calotas polares


Paralelamente, o artista elaborou um programa fílmico, a ser apresentado pelo próprio no Curtas Vila do Conde, onde é proposto um diálogo entre uma retrospetiva parcial do seu trabalho e diversas obras que influenciaram a sua prática e consciência artísticas. Ao serem entendidas em rede, transcendem a sua unidade para abrirem portas a uma compreensão e identificação expandida, que oscila em todo o espectro das emoções humanas.


O programa completa-se com outros dois momentos conduzidos por Morgan Quaintance. Por um lado, uma master class na qual se debruçará sobre o peso da falência física corporal no momento da criação artística, com base na sua própria experiência com a dor crónica. Por outro, uma visita guiada à exposição, onde o artista não só abordará o processo de criação das suas peças e os pilares conceituais que as interligam, como também responderá, numa conversa aberta, a questões levantadas pelos visitantes.

RP Cultura
Estrutura Financeira
Câmara Municipal de Vila do Conde
DGArtes

A Solar - Galeria de Arte Cinemática é parte integrante da RPAC - Rede Portuguesa de Arte Contemporânea

Cor de Fundo do Site
Morada

Rua do Lidador, 139

4480-791 Vila do Conde

Rua do Lidador, 139

4480-791 Vila do Conde

Horário

Seg – Sáb
14:00 – 18:30


Encerra aos domingos e feriados

Seg – Sáb
14:00 – 18:30


Encerra aos domingos e feriados

Contactos

Galeria: solar@curtas.pt

S. Educativo: s.educativo@curtas.pt

Imprensa: press@curtas.pt


Escritório: 252 646 516

Loja das Curtas: 252 138 191

Galeria: solar@curtas.pt

S. Educativo: s.educativo@curtas.pt

Imprensa: press@curtas.pt


Escritório: 252 646 516

Loja das Curtas: 252 138 191

Social
solar.curtas.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile